Um artista muito à frente do seu tempo


Apenas dois álbuns, Anjo da Guarda e Dar & Receber, foram suficientes para António Variações deixar uma marca fortíssima na música nacional.
Fez ontem 25 anos da sua morte e a sua música continua a ser perfeitamente actual.

Artigos semelhantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *