Os tempos são de crise…

… e é nestes tempos que se vê a fibra de que somos feitos.

Um almoço no shopping, uma camisolita da Zara, umas entradas no cinema para ver um filme manhoso, ou outra qualquer coisa que não nos fará grande falta, nem nos deixaram mais alegres, vale cerca de 20€, se formos a supermercado e gastarmos esse valor em bens alimentares para o Banco Alimentar, teremos a certeza que estamos a deixar alguém saciado.

E não me venham com a história de que vai para quem não precisa, isso a mim pouco me importa, importa-me que algo chegue as pessoas que realmente precisam, e que normalmente não aparecem na rua a pedir, porque têm vergonha, eu também teria. Eu ficaria muito contente se me ajudassem sem ter que ir passar vergonhas de ir pedir para a rua. É que eu faço por não me esquecer que vivo num país em que existem milhares de idosos com pensões de miséria, e que poderiam ser os meus avós.

Partindo do pressuposto que somos um país com 11 milhões de habitantes, se retirarmos 10 milhões que não podem ou não querem dar, resta UM milhão, que se der 20€ cada o banco alimentar receberá 20 milhões de Euros em géneros alimentares, era um belo número.

A campanha do banco alimentar está na maioria dos hiper e supermercados do país hoje e amanhã (29 e 30 de Novembro)

Artigos semelhantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *