o uso perfeito de uma música


Quando os Wray Gunn escreveram a “love letters form a motherfucka” não a escreveram a pensar que entraria numa banda sonora de um filme, mas o que é certo é que entrou. E como ela sonoriza bem o trailler do filme “Arte de Roubar”. Só pela música tenho vontade de ir ver… claro que não tem nada a ver com a participação da Soraia Chaves :DDD

Artigos semelhantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *