Gestão de crises empresariais nas redes sociais

A presença das empresas na redes sociais tem muitas vantagens e algumas desvantagens.

No manual que disponibilizo online sobre a presença empresarial nas redes sociais, indico-as praticamente a todas. Digo praticamente a todas, porque nas redes sociais o que hoje é uma verdade absoluta amanhã já poderá não o ser dada a velocidade de actualização das principais plataformas de web social.

Uma das grandes vantagens é a monitorização e possível controlo de uma crise empresarial gerada nas redes sociais.
Em contraponto temos que nós próprios (enquanto empresa presente nas redes sociais) poderemos criar uma crise se formos pouco cautelosos na nossa presença nas redes sociais e tivermos uma linha editorial mal definida.

Temos de nos lembrar sempre que nas redes sociais quem lança uma campanha negativa contra nós tem acesso aos mesmos recursos que nós e que a velocidade de propagação de uma crise é enorme.

Está calculado que uma crise gerada nas redes sociais em que não há intervenção atempada por parte da empresa demora pouco mais de 24h até atingir uma escala global.
É por isso que a monitorização das redes sociais tem de ser constante e deve envolver TODOS os colaboradores da empresa. Só desta forma é possível à empresa sem grandes recursos financeiros, fazer uma monitorização eficaz de tudo o qe se diz sobre ela nas redes sociais.

NÃO SE ENGANEM pensando que se a empresa só tem perfil de facebook, apenas tem de monitorizar os comentários nessa plataforma. Quem lança um boato, uma opinião negativa, etc… pode fazê-lo em qualquer plataforma.
Não monitorizar o que se diz sobre a empresa nas redes sociais (facebook, twitter, hi5, issuu, youtube, etc…) é praticamente um crime nos dias de hoje.

Artigos semelhantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *