formação em design gráfico

formacao design grafico curso design

O curso de design gráfico é um curso que nos dias que correm está um pouco na moda.

Todos querem ser designers, uma profissão fashion e que têm um nome pomposo e estrangeiro. 🙂

Há três formas de chegar a designer gráfico.

  • A primeira é via curso universitário.
  • Praticamente todas as universidades do país têm um curso de design gráfico com este ou outro nome.

    Esta é a via de formação mais seguida por quem quer ser designer, e é sem dúvida a que se atingem melhores resultados em pouco tempo.

  • A segunda é via formação profissional.
  • Existem muitos institutos de formação profissional que têm na sua oferta de formação o curso de design gráfico.

    Quem optar por esta solução tem de saber que design gráfico é mais do que saber com os softwares (illustrator, indesign,, Photoshop e afins).

    Existem princípios teóricos importantíssimos que são omissos nesta formação de design gráfico e que teram de ser aprendidos numa formação complementar ou estudo através de livros ou internet.

  • A terceira via de formação em design gráfico é ser auto didacta.
  • É a formação em design gráfico mais demorada e complexa.
    Nem todos chegam a bons resultados.

    Um método bom para quem se quiser aventurar no estudo de design gráfico como auto didacta é começar por fazer alguns tutoriais sobre uso básico dos softwares, quando já tiver conhecimento básico dos mesmos passar para a aprendizagem dos conceitos teóricos (Gestalt, CRAP, etc…), por último passar a praticar os conceitos nos softwares que entretanto estudou e começar a fazer trabalhos teste para mostrar a amigos e conhecidos.

    Um ponto fundamental para um auto didacta é ver muito trabalhos de design gráfico (bons e maus) e parar para pensar um pouco sobre eles, pensar porque é que eles funcionam e qual o pensamento teórico que está por trás de cada trabalho.

    Todas as opções de formação em design gráfico são viáveis e podem levar o estudante a bons resultados.

    Artigos semelhantes

    6 comentários a “formação em design gráfico

    1. Joana Azevedo

      Muito bom este post, penso que será muito útil para quem gosta da área mas não sabe por onde começar. Acho que só faltam alguns links sobre bons cursos e alguns sites para os auto didactas.

    2. pedro

      João,
      há já uns tempos, defendi-te de uma tal Joana que te atacou sem aparente motivo. No entanto, vários posts passados, já não te defendo. Já foram vários os posts em que defendes que não é necessária formação superior para se ser designer. O que fazes quando escreves isso é desvalorizar totalmente milhares de profissionais que estudaram e lutaram para poderem ser designers. Não se faz.
      Pela tua ordem de ideias, qualquer um pode ser designer. Então qualquer um pode ser qualquer coisa, não? “Olha hoje está-me a apetecer ser médico mas não me apetece ir para a universidade; será que posso praticar no meu irmão mais ‘piqueno’ até conseguir chegar lá?”
      Ao fazer isso estás a contribuir para que mais pessoas pensem “ah sim o désain! isso é fazer bonecos para as mercearias, nem sei como é que alguém pode pagar para isso!” ou “ah coitadinho podia ser arquitecto ou engenheiro mas coitadinho ficou-se por ser só désainer…”
      O que distingue um bom Designer de um mau é o pensamento organizado e estruturado para esse fim e isso SÓ se aprende quando tens uma boa formação, quando convives com os grandes da área, quando aprendes com os mestres. Se aprendeste sozinho, parabéns, tens o teu mérito, sem dúvida. Mas isso não te permite fazer bandeira disso e dizer a outros que não vale a pena lutar para ter uma média de entrada de 16/17 valores (UA), não vale a pena as noites passadas sem dormir em frente ao computador, não vale a pena o chão do quarto cheio de cola e os dedos cortados do x-ato, nem a dor de barriga antes das apresentações. A única forma de ser designer é tendo um curso universitário de DESIGN.
      A todos os que quiserem seguir por essa via, a Universidade de Aveiro tem o curso de Design mais afamado do país. Não é perfeito, claro mas tem a elite do design gráfico português. A Faculdade de Belas-Artes da Universidade do Porto também tem um bom curso de Design Gráfico. Se querem seguir esta via, preparem-se para suar!
      João, quanto a ti (ou você), o blog tem vindo a perder um pouco do brilho muito pela falta de artigos relacionados directamente com design mas não deixa de ser louvável o bom trabalho.
      Só é pena… que tenhas ido para NTC em vez de um bom curso de Design.

    3. João Bem Autor do artigo

      Pedro, se segues o blog à algum tempo, sabes que é um blog pessoal sobre tudo e sobre nada que me interessa.
      Tanto posso dizer coisas muito sérias, como a seguir dizer uma imensa baboseira. Eu sou assim e o blog é o meu reflexo. 🙂

      Uso-o para exprimir opiniões pessoais, que não passam disso mesmo.
      Longe de mim ter pretensões de ditar regras, leis e afins. Os nosso governantes bem ou mal fazem isso.

      Este blog tenta ser uma ponte de ligação entre mim e o mundo, tendo por base o máximo respeito e cordialidade com todos.

      E o que pretendi exprimir com este post, é que no design, seja gráfico, web ou industrial, como noutras áreas profissionais existem várias formas de atingir o fim pretendido. Conforme a opção que tomarmos teremos resultados diferentes.

      Gosto de pensar do que seria dos grandes mestres da pintura, design, informática, etc… que não tiveram formação (porque não a havia) e descobriram tudo que hoje nos serve de regra, se só pudessem descobrir o que descobriram se tivessem um canudo?

      E o que seria de nós, sem o pensamento dessas ilustres senhores sem diploma? 🙂

      Em relação a NTC, acho que seria positivo os alunos de NTC tirarem o 1º ano de Design e os de Design tirarem o 1º ano de NTC.
      Que achas?

    4. Ivo Barbosa

      Olá João,

      Antes de mais,bom blog!
      Vou directo ao assunto. Precisava de uma ajudinha,caso seja possível!
      Estou numa fase da minha vida em que tenho de parar e seguir um novo rumo praticamente de imediato, (tenho 25 anos,já vou um pouquito atrasado, eu sei…:p) e sendo assim vou tentar especializar-me nalguma área, frequentando aquilo que se chama Cursos EFA (Formação para adultos, certificação nível 3 e equivalência 12º). Área de design gráfico interessa-me bastante e gostaria de ir por esse rumo,mas eis o meu dilema: tenho de ser prático,não posso sonhar muito e sei perfeitamente que uma licenciatura tem muito mais peso que um curso profissional e penso que a área está um pouco saturada. Tenho receio de estar a perder mais tempo a ingressar numa área que no final não me vai dar frutos. Será? Valerá a pena? Será que um curso técnico de multimédia seria melhor?
      Vá,eu sei que é um pouco ingrato o panorama cursos profissionais VS. licenciatura,mas não tenho outra solução…

      Qualquer opinião ou sugestão é bem-vinda!!!!!!!!!!!!!!!!! 🙂

      Com os melhores cumprimentos,
      Ivo

    5. João Bem Autor do artigo

      Olá Ivo,

      Conheces os CET?
      São cursos de nível 4 que dão uma especialização e dão equivalências no caso de pretenderes continuar os estudos.
      Que eu saiba a Universidade de Aveiro tem uma série deles e deve haver outras instituições que também os têm.

      Espero ter ajudado.

    6. ANTONIO FONSECA

      Gostaria de lhe perguntar, como fã do Design, onde poderia ter uma formação básica em Design.
      Não tenho pretensões profissionais (tenho 65) mas gosto de usar Design em tudo o que faço (email’s e todo o tipo de comunicação).
      Agradeço a sua informação.
      Antonio Fonseca

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *