20 dicas de Google Adsense

Fica aqui uma série de dicas especialmente pensadas para quem está a começar a gerir uma conta de Google Adsense.

1. Rendimento do AdSense = Quantidade-de-impressões x Click-though-rate x Custo-por-click x fator-smart-pricing.

2. Quantidade de Impressões se refere básicamente ao seu tráfego. É o número de vezes que o bloco de anúncios do AdSense aparece em seu site.

3. Click-through-rate (CTR) é a média de clicks por impressões. Pode ir de 0.1% a 30%, mas mais comumente fica entre 1% e 10%.

4. Custo-por-click (CPC) é o rendimento que você tem com cada click. Apesar de que tradicionalmente se refere ao monto que os anunciantes pagam por cada click, também significa o monto que o webmaster recebe por cada click.

5. Smart-pricing é o método que o AdSense usa para determinar quanto valem os clicks de seu site. Se os clicks no seu site são de pouca valia para os anunciantes (por exemplo, clicks de visitantes de outros países, que difícilmente se transformam em vendas) você só obterá uma fração do suposto CPC.

6. Inscreva-se no AdSense via Blogger.com para ser aprovado mais rapidamente.

7. Depois de ser aceito e obter seu código do AdSense, você poderá utilizá-lo em qualquer dos seus sites, sem ter que pedir mais nenhuma aprovação ou permissão.

8. Leia e releia o Regulamento do AdSense e os Termos e Condições.

9. Não clique em seus próprios anúncios, nem peça a ninguém que o faça; mesmo que você use proxies.

10. Não use click-bots.

11. Não encoraje nem sugira aos seus visitantes que cliquem em seus anúncios. Os únicos textos aceitáveis são: “Links Patrocinados” ou “Publicidade”.

12. Não ponha anúncios contextuais de concorrentes nas mesmas páginas onde você tem AdSense, como por exemplo: Yahoo Publisher Network, Clicksor. Anúncios não-contextuais são permitidos.

13. Não ponha seus anúncios em páginas com conteúdo objetável ou ilegal; por exemplo: material para adultos (sexo, pornografia), sites de apostas, downloads de mp3, etc.

14. Básicamente, não faça trapaça com o AdSense. Se você quebrar as regras, o Google vai te pegar, mais cedo ou mais tarde.

15. Visitar o seu próprio site não fará com que sua conta seja cancelada. Apenas assegure-se de não clicar em seus anúncios.

16. No entanto, carregar repetidamente sua página, com a intenção de aumentar as impressões de página, pode causar sua expulsão do programa.

17. Em caso de dúvida, não hesite em entrar em contato com o pessoal do AdSense. Eles estão sempre dispostos a ajudar – sempre e quando você não tenha sido expulso. Após uma expulsão, a conversa é outra (geralmente, nenhuma).

18. Escolha um nicho de mercado cujos anúncios paguem bem, e no qual não haja muitos concorrentes.

19. Você pode experimentar com as keyword (palavras-chave) melhores pagas do cwire.org (em inglês); mas saiba de antemão que terá de enfrentar uma concorrência feroz.

20. Use a ferramenta do Overture Bid e a Search Engine Keyword Tool para encontrar keywords adequadas e relevantes para o seu nicho de mercado.

Artigos semelhantes

3 comentários a “20 dicas de Google Adsense

  1. Pingback: Para que precisamos de uma nova rede social? | designer blog

  2. Pingback: Dicas para optimizar o ADSENSE – 1 | designer blog

  3. Pingback: Dicas Adsense | tecnologias.in | gadgets

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *